As crianças de Mossul

Não tenho filhos, e provavelmente nunca virei a ter, mas ponho-me a imaginar se fosse pai…e pai em Mossul, imagino qual seria o destino, de um filho meu, caso eu morresse, um filho sozinho, sujeito a ser morto também, a ser obrigado a pegar numa arma, a ser ferido e mutilado, a passar fome e sede…enfim, uma criança de Mossul. Pois há poucos dias, vinha a noticia, de que cerca de 100000 crianças iraquianas, em Mossul, estão em perigo…ainda a que, a esta hora, o Daesh, tenha sido praticamente erradicado de Mossul, o destino dessas crianças, continua a ser preocupante…talvez muitas delas, venham a engrossar o caudal de refugiados, talvez venham a ser vitimas de traficantes de crianças, ou talvez venham somente, a serem internadas, algures, num campo de refugiados…qualquer que seja o destino delas, jamais esquecerão o cenário de morte e destruição, que seus olhos presenciaram, serão para sempre crianças marcadas. Nós, que vivemos no ocidente, que damos o melhor ás nossas, que as alimentamos, levamos à escola…bem devemos pensar nestas outras, e procurarmos contribuir, para que elas venham a ter famílias que as adoptem, que as levem à escola. Se elas chegarem como refugiados, aos nossos países, em vez de lhes fecharmos, vergonhosamente, as fronteiras, devemos acolhe-las e darmos-lhe, aquilo que lhes foi negado no seu próprio país…como eu disse, não tenho filhos, mas se pudesse, faria por estas crianças, o mesmo que faria por um filho meu…vocês não fariam o mesmo?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s