Duas ou Três Coisas Sobre as Prisões

Segundo uma reportagem do Sexta às 9, na RTP, nas prisões portuguesas os reclusos tomam medicamentos fora de prazo, alguns adquiridos no circuito clandestino e de marca desconhecida do INFARMED. Também as refeições consumidas nas prisões, são feitas por alimentos deteriorados, fornecidas por empresas de Catering. Há também casos de tortura, registados, mas que não são divulgados para o vulgar cidadão.

Alguns dirão, “são presos, que importância tem isso”? Uma cadeia, supostamente, serve para recuperar delinquentes, mas o efeito conseguido é precisamente o contrário. Essas pessoas, parecem esquecer, que os delinquentes são seres humanos e devem ser tratados como tal…um delinquente não dever ser tratado como um “inocente” mas maltratá-los, não só vai contra os elementares direitos humanos…como é contraproducente em termos sociais, em vez de sanar o problema do crime…cria potenciais criminosos reincidentes.

Tudo isto é feito, com o silêncio das autoridades e estas não dão saída às queixas apresentadas…é caso para dizer, “os muros das prisões não são feitos para os impedir de sair…mas para impedir que se veja o que lá se passa.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s