A Questão Israel Palestina

Parece estar à vista, um novo acordo entre Israel e os Palestinianos, desta vez patrocinado pelo presidente Trump. A administração Democrata passou, mas pelos vistos, a nova administração parece apostada em mediar um novo acordo, entre Deus e o Diabo…na região. Não fica aqui especificado, quem é Deus e o Diabo, talvez os dois intervenientes se comportem como ambos…tudo depende do ponto de vista de cada um.

É evidente, que quando falo de Deus ou o Diabo, falo no sentido politico…na verdade existem duas vertentes neste problema, a vertente histórico-teológica e a vertente politica actual. A vertente histórico-teológica fala-nos de dois filhos, do mesmo pai, mas mães diferentes, mais exactamente Isaac e Ismael, o primeiro filho de Sara e Abraão…filho legitimo, e o segundo de Abraão e Agar, uma escrava egípcia. Isaac é o antepassado dos Israelitas e Ismael o antepassado dos Árabes…vindos do tronco comum Abraão, um semita vindo de Ur, cidade Caldeia (actual Iraque), e que se tornou nómada e habitou a terra de Canaã…ou para simplificar, a Palestina que na altura era habitada pelos Cananeus. Israel viria a conquistar esta terra, fundando um reino, alguns séculos depois da conquista. Durante bastante tempo, os dois povos, Judeus e Árabes, conviveram amistosamente entre si…tornando-se depois inimigos mútuos. Tantos os Judeus como os Árabes, tinham a mesma religião, sabemos igualmente que o Cristianismo nos primeiros séculos atingiu os Árabes…porém no século VII, Maomé converteu os Árabes ao Islamismo.

Ora tanto o Islamismo como o Judaísmo…e o Cristianismo, são absolutas em termos de verdades reveladas…todos eles se consideram donos da verdade, mais exactamente. É este conflito que alimenta Judeus e Árabes respectivamente, e parece fadar todos os entendimentos ao fracasso.

Até aqui falei de um modo genérico e impessoal…quanto a mim, como cristão, entendo que Árabes e Judeus, são povos irmãos e é desejável um entendimento. Agora que entendimento? Segundo as profecias Bíblicas, Israel é o povo eleito e só este, tem direito absoluto à terra. Isto quer dizer os Árabes não têm nenhum direito? De modo nenhum, eles têm direito à sua autonomia…agora, devem abandonar a sua pretensão a uma pátria independente…em território Israelita, e devem reconhecer claramente o Estado Judaico. É por causa destas premissas, que um acordo entre Israelitas e Palestinianos, é quase impossível…senão mesmo impossível, Daí a imagem de Deus e o Diabo, que eu usei…tanto Israel como os Palestinianos têm cometido atrocidades, e…no estado actual, eles personificam, os dois Entes, de que eu falei aqui. E eu disse…no estado actual, porque segundo as mesmas profecias, Israel será salvo, por Jesus Cristo, na sua segunda vinda.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s